quarta-feira, 27 de julho de 2011

Início


A actual Escola Secundária de Eça de Queirós chamou-se noutros tempos Liceu Nacional da Póvoa de Varzim e antes Liceu de Eça de Queirós. Ao longo dos 100 anos da sua história, passaram por lá professores muito ilustres. Foi o caso do P.e Afonso Soares, de Tomás dos Santos,  Leonardo Coimbra, Hernâni Cidade, Salgado Júnior, Vasques Calafate, José Luís Ferreira, Paulo de Cantos, Mário Fiúza, P.e Franquelim Neiva Soares, P.e João Marques, Luís Amaro de Oliveira, Flávio Gonçalves, Énio Ramalho, Mons. Manuel Amorim, o bispo de Vila Real, D. Joaquim Gonçalves, e  muitos outros. Vamos dar aqui notícia de alguns.
.
Telegrama enviado à edilidade poveira a anunciar a criação do Liceu, segundo o Estrela Povoense de 24 de Julho de 1904.


Brasão na fachada do magnífico edifício actual do antigo Liceu. Este edifício, construção do Estado Novo, foi inaugurado em 1952, contando no acto com a presença de António Ferro, o homem que premiou a Mensagem de Fernando Pessoa e que tinha sido o editor de Orpheu, a revista do Modernismo.


O Liceu em construção (1949).

Sem comentários:

Enviar um comentário